Logo Las Cartas de la Vida
 
 LasCartasDeLaVida.comEm PortuguêsComo tudo começouMobile version Español  English  
Hoje, 22/10/2017, o Almanaque Chinês diz: "Conclusão: Os anais do Céu registam dez mil coisas "

Quem é
que sou

 
Como tudo começou: consultas de tarot com Nacho

Há já 13 anos, em 2004, que decidi deixar o meu trabalho como administrador de sistemas Unix para começar a fazer consultas de tarot de forma profissional, uma escolha que muitas pessoas do meu entorno acharam uma grande asneira, mas para mim tinha muito sentido, porque isso significava fazer algo para tentar ajudar a outras pessoas em vez de de ajudar a fiscalizar-los de uma forma cada vez mais opressiva.

A ideia surgiu porque desde que tinha 15 anos usava as cartas de tarot para tentar guiar-me nos momentos confusos e difíceis da minha vida, que foram bastantes, e as cartas sempre foram muito úteis, então tinha bem claro que a sua utilidade nada tinha a ver com a imagem "pouco séria" que muitas vezes se dá delas em grande parte da mídia.

E assim foi que o meu primeiro passo foi criar este site (originalmente apenas em espanhol), para apresentar os meus pontos de vista sobre o que é que são as cartas de tarot e como elas podem ser de ajuda, e além disso, oferecer os meus serviços para fazer consultas de tarot por telefone ou via e-mail.

Nesta foto pode me ver no meu actual escritório e lar, um pequeno barco chamado Xebec:

Nacho a fazer consultas de tarot no seu barco

Desde o início tinha claro que não cobraria pelo tempo, mas apenas um valor fixo por todo o serviço, e também que não iria atender consultas de curta duração, onde inevitavelmente não é possível chegar à raiz dos problemas, sempre pensei que para obter a máxima ajuda das cartas do tarot é preciso dedicar-lhes o tempo necessário e concentrar-se no que se está a fazer sem olhar para um relógio; é também por isto que faço todas as minhas consultas com marcação prévia, geralmente para o próximo dia útil após o pagamento.

Tudo isto, juntamente com ser muito honesto com o que se ve nas cartas, fez o meu sucesso um bocado limitado, pois a realidade deste negócio é que muitas pessoas ligam impulsivamente num momento difícil na esperança de ouvir coisas agradáveis para acalmar-se... mas se você lhes diz primeiro que têm que pagar, depois esperar um dia ou dois, e na consulta o que se vê não é uma história feliz, pois eles podem sentir que não estão a encontrar o que procuram.

Mas eu entendo que para fazer as coisas bem, tem que ser assim, porque a utilidade real das cartas do tarot é aprofundar no conhecimento do presente e o futuro, para compreender-se melhor a si mesmo e aos seus problemas, isso é o que pode ser de grande ajuda, mesmo se as circunstâncias de esse presente e futuro implicam que a solução para os seus problemas não vai acontecer milagrosamente amanhã.

E normalmente, quando alguém está stressado por um problema, costuma ser porque é um problema grave e muito real, e por isso é muito provável que não vai verse uma mudança dramática para melhor amanhã, mas sim que, dados os detalhes do problema e as suas tendências, seria útil tentar determinadas estratégias, evitar algumas atitudes, tomar a iniciativa ou apenas esperar e ver... o facto é que nós construímos o nosso futuro até um certo grau com tudo o que fazemos no nosso presente.

Mas mesmo se a minha maneira de entender as cartas de tarot e a adivinhação não é a mais habitual, o facto é que os anos passaram e eu continuo a fazer as minhas consultas de tarot, com poucos mas muito satisfeitos clientes, com o tempo fui mudando primeiro de um apartamento para um barco, depois outra vez para terra firme, mais recentemente para o barco de novo... e sempre levei o meu escritório comigo, o que inclui não apenas as cartas de tarot, mas também várias pastas com todos os registos das consultas:

Pastas com as fichas dos meus clientes

O último é um detalhe importante, porque normalmente as pessoas vão chamar/escrever meses ou anos depois de fazer uma consulta e não vou lembrar-me do que falamos, mas na maioria das vezes com um olhar rápido para as perguntas que fizemos e as cartas que saíram, consigo lembrar-me do que falamos, ou pelo menos ter uma ideia de como é que essa questão foi vista nas cartas no passado.

Também esses arquivos são importantes para que quando alguém me diz o que aconteceu com as questões que olhamos nas cartas no passado, eu possa manter uma estatística para ver quão confiáveis são as coisas que vi nas cartas sobre o futuro.

Se você está interessado numa consulta comigo, basta ter em mente que o meu português está longe de ser perfeito, especialmente gostaria de melhorar a minha pronúncia e expandir o meu vocabulário, mas nunca encontro tempo para isso.

De qualquer forma, você pode escrever me ou ligar-me antes de fazer o pagamento para julgar as minhas habilidades linguísticas por si mesmo, e assim também podemos falar de antemão sobre os detalhes da sua consulta, e posso dizer-lhe antes de fazer o pagamento se acho que poderia ser realmente útil ou não.

Geralmente encontraríamos um dia e uma hora em que os dois poderíamos estar relaxados e fossemos capáveis de nos concentrar corretamente nos problemas ou situações que queremos olhar.

Também, para perguntas específicas sobre o processo para fazer uma leitura de tarot comigo, você pode ler as perguntas frequentes, onde irá encontrar resposta a maioria das perguntas que as pessoas me fazem antes de uma leitura de tarot.

 
Dados Pessoais
nome: Inácio Vidal (Nacho)
idade: 39 anos
Mora na ilha de São Miguel (Açores, Portugal)
Inácio Vidal
Nascido na Espanha no ano 1978, estudou engenharia técnica industrial na Universidade de Valhadolid.
Em 1999 começou trabalhar como programador, passando em breve para a área de administração de sistemas Unix, primeiro no Ministério das Administrações Públicas, e depois em Société Générale e na Siemens.
Desde o ano 2004 trabalha como consultor independente.

Leitores/as
Desde começos de mês:
43259 visitas (31038 pessoas)

 PáginasSolicitudes
27969202682
27085228609
20266143665
1586492502
14535105205
967058282
736454084
674744859

Estatísticas detalhadas 2017

A história deste site web contada em espanhol de forma cronológica, desde o seu começo no ano 2004 até a atualidade.

Autor: Nacho Vidal